Gestão Ambiental

A Gestão Ambiental propõe ações preventivas para garantir a segurança em relação aos riscos que algumas atividades possam causar à saúde dos usuários e ao ambiente interno e externo. No Centro de Reabilitação Lucy Montoro, a questão ambiental não se resume às ações desenvolvidas, mas, é parte dos valores da instituição, demonstrada pela da preocupação com a destinação dos resíduos e do esgoto gerado e com o consumo consciente de água e energia.

Para lidar com estes impactos ambientais, o Centro de Reabilitação Lucy Montoro disponibiliza recursos para viabilizar as ações que causam menos impactos ambientais e que visam a assegurar o bem estar do colaborador, que atenda à legislação local, e que esteja dentro do comprometimento de sua missão.

 

Centro de Reabilitação Livre de Mercúrio

O Mercúrio é um metal líquido, prateado, extremamente tóxico. No organismo, pode causar danos irreversíveis, sobretudo, aos rins e ao sistema nervoso central (cérebro e cerebelo), provocando irritabilidade, tremores, alteração da visão, audição e problemas de memória.

O Centro de Reabilitação tomou o cuidado de adquirir somente termômetros digitais.

Outra ação importante é o descarte das lâmpadas utilizadas que contêm mercúrio aos Postos de Entrega Voluntária (PEVs), que as encaminham a uma empresa especializada, responsável por fazer a descontaminação por meio de um processo que separa todos os componentes e armazena com segurança, sobretudo, o mercúrio.

Resíduos Químicos

A complexidade das atividades do Centro de Reabilitação tem como consequência a geração de resíduos químicos em pequena quantidade. Diante deste cenário, estruturas e processos foram adaptados para que se tenham recipientes adequados para o descarte e armazenamento, sem risco de vazamento ou exposição ao colaborador e paciente; colaboradores foram treinados para as coletas, utilizando EPIs necessários e tomando conhecimento de como agir em caso de derramamento. A destinação final é a incineração em local licenciado pelo órgão ambiental.

 

Pilhas e baterias

As pilhas e baterias são encaminhadas à empresa de reciclagem, onde é realizada a recuperação dos metais. O envio desse material à empresa, que também possui licença de operação do órgão ambiental, é realizado por meio de um programa de destinação de pilhas e baterias de outra empresa, não havendo custo para o Centro de Reabilitação.

Consumo Racional de Água e Energia

Dentre outras ações, o Centro de Reabilitação de São José dos Campos realiza, periodicamente, campanhas internas para a conscientização de seus colaboradores.

Alguns dos trabalhos desenvolvidos:

  • Uso de lâmpadas e dispositivos eletrônicos de grande potencial econômico de energia;
  • Uso de dispositivos de economia de água (torneiras automáticas, válvulas e reguladores); e
  • Check-list de correção de vazamentos em rede de água, reservatórios e instalação hidráulica predial.
Coleta Seletiva

O recolhimento do Resíduo Reciclável é feito pela Urbanizadora Municipal, URBAM, que possui um setor de separação e destinação correta dos resíduos recicláveis.

A coleta seletiva tem como principais vantagens: a conservação do meio ambiente, a economia de matéria-prima, a economia com mão de obra, a preservação da natureza, a geração de empregos e a diminuição de gastos na limpeza urbana no tratamento de doenças, no controle da poluição, na construção de aterros sanitários, na remediação de áreas degradadas, com a energia elétrica (necessária para gerar produtos com base na matéria-prima bruta), entre outros.

Dia do Meio Ambiente

O Centro de Reabilitação de São José dos Campos comemora o Dia do Meio Ambiente com atividades que incentivam a preservação da natureza.