Unidade

Centro de Reabilitação Lucy Montoro de São José dos Campos

O Centro de Reabilitação Lucy Montoro de São José dos Campos, inaugurado em setembro de 2011, é referência para 39 municípios (Aparecida, Arapeí, Areias, Bananal, Caçapava, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Canas, Caraguatatuba, Cruzeiro, Cunha, Guaratinguetá, Igaratá, Ilhabela, Jacareí, Jambeiro, Lagoinha, Lavrinhas, Lorena, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Paraibuna, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Queluz, Redenção da Serra, Roseira, Santa Branca, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São José do Barreiro, São José dos Campos, São Luiz do Paraitinga, São Sebastião, Silveiras, Taubaté, Tremembé e Ubatuba), que compõem o Departamento Regional de Saúde XVII, compreendendo quatro Regiões de Saúde: Alto Vale do Paraíba, Circuito da Fé – Vale Histórico, Litoral Norte e Vale do Paraíba-Região Serrana.

ÁREA FÍSICA

 1b-slide

Com 1.750 m2 de área construída, possui:

LM-119

 

Auditório: onde são realizados os treinamentos, palestras e cursos direcionados, tanto aos colaboradores como aos pacientes.

 

 

 

box habilidade

 

Box de Habilidade: onde são realizadas as sessões de acupuntura e atendimento médico.

 

 

 

CONSULTORIO (2)

 

Consultórios: onde são realizadas as consultas médicas.

 

 

 

enfermagem

 

Enfermaria: onde o paciente fica em observação no caso de uma intercorrência antes, durante ou após a terapia.

 

 

 

EQUIPE TÉCNICA_FOTO02

Sala de Equipe Técnica: onde os profissionais se reúnem para discutir os casos e também fazem a evolução do paciente.

sala de grupo

Sala de Grupo: onde são realizados os atendimentos em grupo, com até 4 pacientes.

SALA DE REUNIOES_FOTO02

Sala de Reuniões: onde são feitas as reuniões de coordenação, de setores, com os fornecedores, etc.

Agendamento de Horário
Humanização
Ações Sociais
ROPS - Requered Organizational Practice
Orientações para Guarda de Medicamentos
Orientações para Uso Seguro de Medicamentos

 

Importante

SUA SAÚDE DEPENDE DE UMA BOA COMUNICAÇÃO

Pergunte, questione, você poderá  ajudar nesse processo de segurança.

Você faz mais perguntas quando compra um eletrodoméstico, um carro ou quando vai ao restaurante  que durante  sua consulta médica ou de seu familiar. Você pode melhorar a qualidade e a eficácia de seu tratamento, fazendo perguntas simples a  seu médico ou profissionais de saúde.

1. Você pode explicar melhor o meu diagnóstico?

2. Existem alternativas a este tratamento?

3. Quais exames tenho de fazer?

4. Como se escreve o nome deste medicamento?

5. Este medicamento tem efeitos colaterais?

6. Este medicamento vai interagir com os medicamentos que eu já estou tomando?

7. Tenho de alterar minha dieta alimentar, para que estes medicamentos façam melhor efeito?

8. Este tratamento interfere em minhas atividades do dia a dia?

9. Posso esperar para decidir se inicio este tratamento?

10. Quais são as possíveis complicações?